Marilinda Fernandes participa de debate ‘Previmpa – As mulheres na reforma da previdência’ na Câmara de Vereadores de Porto Alegre


Na próxima terça-feira, 04, às 14h, Marilinda Marques Fernandes participará de um debate sobre a possível reforma da previdência de Porto Alegre. A reunião é promovida pela Comissão de Defesa do Consumidor, Direitos Humanos e Segurança Urbana (Cedecondh), da Câmara de Vereadores. A conversa, que terá como tema principal “As mulheres na reforma da previdência”, acontece pela plataforma de reuniões virtuais Zoom.

A reforma da Previdência municipal — Projeto de Emenda à Lei Orgânica (PELO) nº 02/20 — foi apresentada originalmente pelo ex-prefeito Nelson  Marchezan Júnior e reaproveitada pelo atual prefeito Sebastião Melo, que encaminhou uma Mensagem Retificativa à Câmara com mudanças no projeto original.

Com este projeto que visa para mudar a previdência municipal, o prefeito penaliza diretamente as mulheres e desconsidera a tripla jornada de trabalho a elas imposta. As mulheres perfazem 68,05% do total de segurados do PREVIMPA, o Departamento Municipal de Previdência dos Servidores Públicos do Município de Porto Alegre. Elas são 5.285 do total de 7.766 funcionários vinculados a este regime previdenciário do Município. Isso significa que duas a cada três pessoas seguradas do PREVIMPA são mulheres.

Como bem explicou a vereadora substituta Reginete Bispo em artigo para o Sul21, para os homens, o governo municipal propõe aumentar em 5 anos a idade mínima para aposentadoria, passando de 60 para 65 anos, o que representa um adicional de 8,33% do tempo de trabalho.

Já para as mulheres, o prefeito deseja aumentar em 7 anos a idade mínima para aposentadoria, obrigando-as a passar dos atuais 55 anos para 62 anos de idade. Um incremento de 12,72% do tempo de trabalho.

Convidamos a todos a participarem do debate na próxima terça-feira, às 14h, através do link https://us02web.zoom.us/j/85497055564 Meeting I: 854 9705 5564

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.