A igualdade de direitos é uma luta constante


No ano em que a Declaração dos Direitos Humanos completa 70 anos percebe-se a perda de sua força. O aumento dos ataques contra as mulheres, principalmente as negras, e o racismo que perde a vergonha para se exibir marcam este ano que finda. Com objetivo de criarmos alternativas de articulação e fortalecimento de resistência a isto, o Instituto Akanni convida várias organizações de mulheres negras para uma roda de conversa. O evento com entrada gratuita será mediado pela cientista social Reginete Bispo e a advogada Marilinda Marques Fernandes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *