Em discurso de posse ao TRE-RS, Desembargador Arminio José Abreu Lima da Rosa cita Marilinda Marques Fernandes


Na tarde desta sexta-feira (28), foi realizada a sessão solene de posse do desembargador Arminio José Abreu Lima da Rosa, como presidente do TRE-RS e diretor da Escola Judiciária Eleitoral do Rio Grande do Sul (EJERS), para o biênio 2021/2022. Em seu discurso de posse, o desembargador Arminio da Rosa fez um relato histórico do surgimento da Justiça Eleitoral e a sua estreita relação com o Rio Grande do Sul. Ele afirmou que as melhorias do processo eleitoral decorrem do advento das urnas eletrônicas, por isso fez uma contundente defesa das mesmas, salientando que o retorno do voto impresso provocaria riscos de identificação e de quebra do sigilo.Nesse passo de seu discurso, destacamos a menção feita pelo mesmo ao desembargador Sérgio Gischkow Pereira e a advogada Marilinda Marques Fernandes, ambos incansáveis defensores do Estado de direito e da consolidação da democracia, tão necessária nos tempos que vivemos, especialmente, num Brasil conflagrado pela pandemia e tendo como presidente Bolsonaro que, com suas práticas e discursos, sinaliza que há perigo na esquina.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.